Feminismo é coisa de mulher trouxa

O feminismo, no fim das contas, acabou não sendo para favorecer as mulheres. Veja porque elas não estão ganhando nada com isso. Por: Olavo de Carvalho (*)

Anúncios

Agrotóxicos e Ignorâncias

O mundo tem o tamanho do conhecimento de cada um. (*) Comentários de um leitor Talvez não saibam que as terras cultiváveis ocupam apenas 7,6% do território brasileiro, enquanto as tais "reservas indígenas", todas ricas em ouro e diamantes, por uma estranha coincidência existem "índios" que negociam concessões dessas terras para sejam exploradas por estrangeiros,…

O Pagador de impostos

“No Brasil há uma alta carga tributária! Pagamos demasiados impostos! Melhor seria fossem abolidos…” Você também pensa assim? Pois então, talvez, esteja sendo iludido com uma proposta que não pode ser cumprida.

O “Senhor Por Quê”

Kurt Gödel foi o matemático comparado a Aristóteles que fazia caminhadas com Albert Einstein. Os teoremas da incompletude Para Gödel, a deslumbrante clareza e exatidão da matemática é, na realidade, um labirinto repleto de paradoxos. Ele provou que: 1) Em qualquer sistema formal axiomático consistente que possa expressar feitos sobre aritmética básica, há enunciados verdadeiros…

O BRASIL MUDOU!

Para quem ainda não atentou: não, não é que o Brasil começa a mudar. O Brasil Já mudou! São políticos, empresários e agentes públicos e privados presos e exibidos em suas faces vergonhosas. Estão sendo responsabilizados e processados senadores, deputados, empresários, altos funcionários, empresas, empreiteiras, organizações e sindicatos. Todos exibidos em sua indignidade. Exibidos em…

Vamos parar de desconstruir a história

‘A Páscoa e o controverso feriado do Judiciário’ A semana da Páscoa (Pessach) para os judeus, ou Semana Santa para os católicos cristãos, é tradicionalmente uma semana de recolhimento, jejum e festa. Tradicionalmente, para esses povos, não se trabalha, suspendem-se as atividades cotidianas, porque é feita uma pausa para reflexão, contrição e, ao final, para…

Escolha o seu papel!

A história não é uma sequência tediosa de datas e nomes solenes. História é drama, fluxo e sangue – a história pulsa, vívida. A história é múltipla: abrange os patrões e os peões, as cidades e a selva, as avenidas e os sobrados. A história é épica: refulge nas batalhas e ressoa nas tréguas, nos…